Você se inscreveu com sucesso em Blog Icamas
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a Blog Icamas
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
5 passos para colocar Led no quarto

5 passos para colocar Led no quarto

. 4 minuto ler

Embora seja um dos cômodos mais importantes de uma casa, o quarto muitas vezes é ignorado quando o assunto é iluminação. Porém, nos últimos anos, uma onda de LED invadiu os dormitórios de crianças, jovens e adultos, principalmente por conta de um crescente interesse das pessoas por decoração.

Seja no contorno dos móveis, no teto ou até mesmo nos armários, o “diodo emissor de luz” (LED) é uma excelente ideia para quem busca dar um toque de personalidade e modernidade ao ambiente, criando um estilo único.

Mas, afinal, é realmente possível fazer a instalação de LED por conta própria? Como utilizá-lo nos quartos? Para descobrir a resposta, basta continuar com a gente até o final deste artigo.

O que é LED e quais as suas vantagens?

Um LED, sigla para “Lighting Emitting Diode” (diodo emissor de luz), é um semicondutor capaz de emitir luz.

Certo, mas o que é um diodo? Bem, um diodo é um componente elétrico com dois terminais, mas que conduz corrente elétrica em apenas um sentido. Uma espécie de “mão única” de eletricidade.

Há muitos anos esse emissor é utilizado nos mais diversos tipos de aparelhos, principalmente com a função de indicar o “status” dos botões. Um bom exemplo são os televisores. Nesse caso, eles costumam apresentar:

  • Aparelho ligado: luz verde;
  • Aparelho desligado: luz vermelha.

A luz LED também não é colorida, como muitos imaginam. Na verdade, ela é monocromática, ou seja, apresentava uma única cor, que depende do material do semicondutor utilizado em sua fabricação.

Assim, a luz é capaz de emitir tons de vermelho, azul e verde. As cores variadas são, na verdade, a combinação entre elas e o uso de diferentes intensidades.

Logo, se o objetivo é conseguir luz branca, basta misturar três LEDs: azul, vermelho e verde (o famoso sistema RGB, utilizado em monitores).

Por que apostar em LED para a decoração do quarto?

Acredite, a lista de vantagens do LED, em comparação aos outros tipos de iluminação, é enorme. Entretanto, separamos apenas algumas delas para você ficar por dentro do assunto:

  • Economia: o LED é 80% mais econômico do que uma lâmpada incandescente e 30% do que uma fluorescente;
  • Maior vida útil: embora dependa de vários fatores, a vida útil de um LED gira em torno de 50 mil horas de uso;
  • Ecológico: tanto no quesito economia de energia quanto em seus componentes, que não contêm tungstênio, mercúrio ou qualquer outro produto considerado tóxico;
  • Baixa manutenção e emissão de calor mínima: por ser energeticamente eficiente, apresenta uma baixíssima emissão de calor, ocasionada pelo desperdício de energia utilizado para deixar a luz mais potente.

Como instalar LED nos dormitórios?

Antes de tudo, precisamos entender o que levar em consideração na hora de escolher o LED. Por isso, preste atenção.

Observe a cor das paredes

A ideia é simples:

  • Paredes escuras absorvem mais luz, logo, pedem uma iluminação mais acessa, brilhante;
  • Paredes claras precisam de um número menor de lâmpadas e cores mais quentes, porém suaves.

Considere o efeito esperado

Para criar um efeito de aconchego no ambiente, é possível apostar em lâmpadas no teto ou em regiões altas, dando a sensação de que o quarto é menor do que realmente é. Entretanto, se o objetivo é criar um efeito de amplitude, basta instalar LEDs na altura dos rodapés ou nos cantos.

Pense na finalidade do LED

Muitas vezes, o LED é utilizado apenas como decoração, não sendo o responsável pela iluminação geral do quarto. Nesse caso, tenha em mente exatamente o resultado que você espera:

  • O LED ficará ligado por bastante tempo? Então, invista nos modelos com menor consumo;
  • Ele ficará ao redor da televisão? Escolha luzes quentes e suaves, de preferência indiretas, para evitar o reflexo na tela;
  • O LED será colocado perto da área de estudos? Aposte em luzes indiretas;
  • Você quer criar um ambiente padronizado? Contorne todo o quarto com LED, sempre na mesma altura;
  • O objetivo é destacar um ponto específico? Então, foque na iluminação apenas dessa região.

Aprenda a instalar LED em alguns passos simples

1. Faça o desenho da instalação

O desenho é, basicamente, um projeto de engenharia. Nessa etapa você deve listar os materiais que irá precisar e como pretende organizar a instalação. Para isso, faça um esboço do quarto em um papel e marque todos os cantos onde o LED será colocado, destacando a intensidade da luz desejada, o efeito esperado, a potência e a sua voltagem.

2. Tire as medidas

Agora é hora de calcular o comprimento das faixas de LED ou a quantidade de lâmpadas necessárias para cobrir a região pretendida. As medidas determinarão a fonte de alimentação da iluminação, logo, você precisa entender se a instalação será interna ou externa e onde a fonte será colocada.

3. Fonte de alimentação

A fonte de alimentação do LED deve ser sempre cerca de 30% mais potente do que o consumo total da instalação. Pense assim: se o LED instalado no quarto consome 50W, a fonte deve ser de pelo menos 65W. Assim, fica mais fácil calcular a vida útil da iluminação.

4. Conexão

Quando o assunto é conexão, leve em consideração os seguintes pontos:

  • A polaridade da conexão deve ser mantida desde a saída da fonte até a entrada do LED;
  • O LED pode ser instalado em série ou em paralelo. No primeiro caso, observe a recomendação do fabricante quanto ao número de lâmpadas que podem ser unidas sem que haja queda de tensão. Isso irá garantir que a luz seja uniforme em todo o ambiente;
  • Se você utilizar faixas de LED, é preciso ter um regulador entre elas e a fonte de alimentação. O motivo? Ele será o responsável por receber o sinal da cor desejada.

5. Faça a aplicação

Se o seu LED for em formato de lâmpada, peça que um eletricista faça o trabalho essencial, que inclui a colocação de bocais nas regiões desejadas. Então, basta posicionar o LED no local, com a chave desligada, e só então checar seu funcionamento.

Agora, se você decidiu colocar o LED em formato de fitas ou faixas, será necessário comprar apenas uma fita dupla face e aplicá-la atrás das mesmas. Mas, fique de olho! Alguns modelos já possuem uma superfície autocolante, ou seja, você só precisa posicionar o item e pressioná-lo levemente.

Lembre-se sempre de deixar o conector nas laterais, para que seja mais fácil escondê-lo, certo?

Viu como é fácil dar uma repaginada no seu quarto? Então, aproveite também para conhecer nossas cabeceiras de ferro e garanta um ambiente único e cheio de estilo!